Monday, 6 August 2007

A refeição da cadela


Pela primeira vez hoje tomei uma refeição completa de um prato no chão.


O meu Dono chegou mais cedo do que o previsto, eu não tinha ainda almoçado.


Ao voltar à sala depois de Lhe ter pedido para almoçar, inesperadamente o meu Dono pousou-me o prato no chão a alguma distância do sofá onde estava confortavelmente sentado a fumar um cigarro.


De joelhos, palmas das mãos assentes no chão, semi-nua, lambendo e sorvendo aos poucos a comida do prato perante o olhar poderoso do meu Dono, senti-me derreter de orgulho e submissão.





4 comments:

JB said...

Se bem que o prato,
foi um luxo...

Sua escrava said...

Talvez por ontem ter sido dia de "festa" ? Quem sabe possa considerar a hipótese de me arranjar uma tigela de cão...
Obrigada, meu Dono, por comentar o post.
Este blog - o Seu blog - , como a minha vida, só faz sentido em função de Si.

Cármen Neves said...

Nossa! Quanta honra tiveste ao ler o cometário do teu Dono! Diga-me o que sentiste( se puderes é claro!).
Um beijo querida!

Sua escrava said...

Carmen, tudo o que me vem do meu Dono eu tomo como uma honra. A minha submissão a Ele não é gratuita e desprovida de sentido. O poder que detem sobre mim não tem mérito próprio, é a Ele que me curvo, não ao poder ou à força. Se O conhecesses perceberias imediatamente porquê. beijos