Friday, 14 September 2007

DON'T SAY A PRAYER FOR ME NOW...













SAVE IT TILL THE MORNING AFTER...

2 comments:

Sutra said...

Não consigo entender isto como prazer e amor...
Nunca critico, quem sou eu para o fazer?
Apenas não entendo este lado do amor entre duas pessoas, amor que causa dor, ferimento.
Mas acima de tudo, respeito qualquer pessoa que leve o bdsm tão profundamente.
Poderia ter passado e não ter dito nada, mas não consegui ficar indiferente, entendes?

Espero que esse amor/paixão aqueça a tua alma.
Abraço e beijo doce

Sua escrava said...

Talvez, se pensares que se trata de um modo de explorar todas as áreas da capacidade sensorial humana - de uma forma completamente consensual -, se olhares para o bdsm como uma forma profunda, talvez extrema, de conhecimento interior, consigas compreender este amor. Se conseguires distinguir dor e sofrimento, verás que é apenas uma forma menos comum de deixar as endorfinas flutuar...com todas as vantagens que daí advém. E sim, a minha alma nunca antes esteve tão quente, expandida, colorida, numa palavra, feliz. Abraço terno, amor e luz.